Ir para o conteúdo principal

É profissional na saúde?

Acesse aqui

O que é PIG: pequeno para a Idade Gestacional?

Pequeno para a idade gestacional, ou PIG, significa que um feto ou um bebê é menor ou menos desenvolvido do que o normal para o seu gênero e idade gestacional. A idade gestacional é a idade de um feto ou bebê que começa no primeiro dia do último período menstrual da mãe.1

Embora alguns bebês sejam pequenos por causa da genética (os pais são baixos), a maioria dos bebês PIG são pequenos por causa de problemas que ocorrem durante a gravidez. Muitos bebês PIG têm uma condição chamada restrição de crescimento intrauterino (RCIU). A RCIU ocorre quando o feto não recebe os nutrientes necessários e o oxigênio necessário para o bom crescimento e desenvolvimento de órgãos e tecidos. A RCI pode começar em qualquer momento da gravidez. A restrição de crescimento intrauterino de início precoce ocorre muitas vezes devido a anormalidades cromossômicas, doenças maternas ou problemas graves com a placenta. A restrição de crescimento tardio (após 32 semanas) geralmente está relacionada a outros problemas.1

Alguns fatores podem contribuir para um bebê PIG e/ou para a RCIU, e incluem:

  1. Fatores maternos

    Idade, pressão alta, insuficiência renal crônica, diabetes avançado, doença cardíaca ou respiratória, desnutrição, anemia, infecção, uso de substâncias como álcool, tabaco e drogas.1

  2. Fatores envolvendo o útero e a placenta

    Diminuição do fluxo sanguíneo no útero e na placenta, desprendimento placentário (a placenta se separa do útero), placenta prévia (implantação baixa da placenta no útero), infecção nos tecidos ao redor do feto.1

  3. Fatores relacionados ao bebê em desenvolvimento (feto)

    Gestação múltipla (por exemplo, gêmeos ou trigêmeos), infecção, anormalidades de nascença ou cromossômica.1

Bebês PIG e/ou com RCIU podem ter problemas no nascimento, como hipoglicemia (baixo nível de açúcar no sangue), dificuldade de manter a temperatura corporal normal e policitemia (muitos glóbulos vermelhos).1

O bebê PIG é frequentemente identificado antes do nascimento. Durante a gravidez, o tamanho do bebê pode ser estimado de diferentes maneiras. A altura do fundo (o topo do útero da mãe) pode ser medida a partir do osso púbico. Essa medida (geralmente em centímetros) corresponde ao número de semanas de gravidez após a 20ª semana. Se a medida for baixa para o número de semanas, o bebê pode ser menor do que o normalmente esperado.

Embora muitos bebês PIG tenham baixo peso ao nascer, eles não são todos prematuros e podem não apresentar os problemas de bebês prematuros. Bebês PIG, especialmente aqueles com RCIU, costumam ser magros, pálidos e ter a pele seca.

Outros procedimentos de diagnóstico podem incluir:

  1. Ultrassom

    O ultrassom é um método mais preciso para estimar o tamanho fetal. Medidas da cabeça e do abdômen do feto podem ser comparadas com uma tabela de crescimento para estimar o peso fetal.
    A circunferência abdominal fetal também é um indicador útil da nutrição fetal.

  2. Ganho de peso da mãe

    O ganho de peso da mãe também pode indicar o tamanho de um bebê. Pequenos ganhos de peso materno durante a gravidez podem ocasionar um bebê pequeno.

  3. Avaliação gestacional

    Os bebês são pesados nas primeiras horas após o nascimento. O peso então é comparado com a idade gestacional do bebê.

Tratamento de bebês pequenos para a idade gestacional

O tratamento para bebês PIG será determinado pelo médico2 e deve levar em conta a idade gestacional, a saúde geral, o histórico médico e a tolerância do bebê para medicamentos ou terapias específicas. Muitas vezes os bebês PIG são fracos e menos capazes de tolerar alimentos ou permanecer quentes. Portanto, o tratamento do bebê PIG pode incluir camas controladas por temperatura ou incubadoras, alimentação por sondas (se o bebê não conseguir sugar) e monitoramento de níveis de oxigênio.

Somente cerca de 10% das crianças PIG não apresentam recuperação do crescimento depois do nascimento e permanecem com baixa estatura na infância e na vida adulta. Em alguns casos, é possível identificar alterações na produção de hormônio do crescimento.2

O cuidado pré-natal é importante durante toda a gravidez, e especialmente para identificar problemas com o crescimento fetal. Parar de fumar ou de fazer uso de substâncias como drogas e álcool é essencial para reduzir o risco de síndrome de morte súbita infantil. Ter uma dieta equilibrada também pode ajudar a ter uma gravidez mais tranquila e um filho saudável.

Referências:

  1. MedlinePlus. Small for gestational age (SGA). Disponível em https://medlineplus.gov/ency/article/002302.htm. Último acesso em 14/07/2017 às 14 horas.
  2. BOGUSZEWSKI, Margaret C. S.; BOGUSZEWSKI, César Luiz. Tratamento com hormônio de crescimento em crianças com baixa estatura nascidas pequenas para a idade gestacional. Arq Bras Endocrinol Metab, São Paulo, v. 52, n. 5, p. 792-799, July 2008.